Início → Notícias → Íntegra
 
30/01/2013

Defesa Agropecuária participa de reunião técnica junto à Faesp.

30-01-2013 - O coordenador da Defesa Agropecuária paulista, Heinz Otto Hellwig, o diretor do Centro de Defesa Sanitária Animal, José Eduardo Alves de Lima e Felipe Monteiro Bugni, médico veterinário que coordena a área animal junto ao sistema informatizado Gedave – Gestão de Defesa Animal e Vegetal participaram na manhã de hoje (30/01), em São Paulo, de reunião técnica com José Candêo, vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp). Participaram também os diretores José Eduardo Coscrato Lelis e Ângelo Munhoz Benko, Cláudio Silveira Brisolara e Erica Monteiro de Barros, do departamento de economia, Cyro Ferreira Penna Junior, presidente do Sindicato Rural de Vale do Rio Grande (Barretos) e Marcos Mazete, presidente do Sindicato Rural de Fernandópolis.

A reunião foi agendada para apresentar o sistema Gedave para a emissão da e-GTA, a Guia de Trânsito Animal eletrônica. “Buscamos junto à Faesp viabilizar a parceria junto aos sindicatos rurais para que eles possam emitir a e-GTA em suas unidades, de forma a facilitar a emissão do documento a seus associados”, disse Hellwig.

A e-GTA é emitida através do sistema Gedave, desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento em parceria com a Prodesp e lançada em dezembro de 2012 pelo governador Geraldo Alckmin, em evento realizado em Campinas-SP. Através do sistema é possível solicitar e imprimir a guia pela internet, sem ter que comparecer a uma unidade da Defesa Agropecuária toda vez que realizar o transporte de animais.

Outro assunto que ocupou a pauta da reunião foi a apresentação do projeto de Educação Sanitária – “Sanitarista Mirim”, desenvolvido no estado de São Paulo pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento paulista, por sua Coordenadoria de Defesa Agropecuária. “Estamos buscando colaboração para consolidar esse projeto que trabalha junto às escolas do ensino fundamental, na formação de produtores conscientes e responsáveis com a sanidade dos rebanhos, lavouras e dos alimentos que serão oferecidos ao consumidor”, disse Hellwig.

Projeto Sanitarista Mirim - Iniciado no segundo semestre de 2012, teve a participação de três municípios (Guatapará, Novo Horizonte e Presidente Epitácio), cinco escolas e 363 alunos do quarto ano do ensino fundamental. Em 2013, o Sanitarista Mirim deverá ser desenvolvido em 17 municípios (Presidente Epitácio, Novo Horizonte, Guatapará Anhembi, Bebedouro, Cravinhos, Ilha Solteira, Itapetininga, Juquiá, Panorama, Pindorama, Pompéia, Mairiporã, Santa Cruz das Palmeiras, Taubaté, Tupã e Votuporanga), devendo alcançar 3.500 alunos.

O projeto é desenvolvido pela Secretaria com o apoio das secretarias municipais de educação e produtores/empresários locais, com o objetivo despertar a importância da atividade rural, disponibilizar informações sanitárias agropecuárias e promover mudanças cognitivas nos alunos do quarto ano do ensino fundamental, proporcionando novos comportamentos, principalmente no que se refere à sanidade animal, vegetal, ambiental e segurança alimentar.

Assessoria de Imprensa/Defesa Agropecuária – 19 – 3045-3350 – Teresa Paranhos.

 
formatar para impressão   topo   enviar por e-mail